De cara com o tubarão


Da Redação PESCA ESPORTIVA
20/01/2017

Pesquisador indica procedimento adequado ao encontrar um tubarão em Fernando de Noronha – PE

 

A cada dia cresce a possibilidade de encontrar um tubarão em mergulho em Fernando de Noronha. Estudos indicam que nos últimos anos tem crescido o número de animais no arquipélago, principalmente da espécie limão. Mas nem todo mundo tem o comportamento adequado nesses encontros. O pesquisador Léo Veras, engenheiro de pesca e especialista em tubarões, deu as dicas para evitar incidentes.

“Ao encontrar um tubarão no mergulho a melhor alternativa é apenas observar o animal, ficar parado. Não se deve perseguir, o tubarão pode se sentir ameaçado e reagir. Caso o mergulhador perceba um comportamento estranho do animal e sinta medo, o ideal é encarar o tubarão com olhar firme e nunca tentar tocar ou assediar. Fugir em disparada não é uma boa opção, o tubarão pode associar o visitante a uma presa. Se o visitante quiser sair da área, é bom fazer isso lentamente, sempre observando de maneira firme o animal. Por incrível que pareça, o olhar humano é muito intimidador ”, indicou Veras.

O estudioso explicou que nunca se deve levar iscas para atrair os tubarões no mergulho e também é preciso cuidado com o hábito de tirar fotos. “Não é bom usar o chamado pau de self, que aproxima câmeras e celulares dos animais. O tubarão pode se assustar”, alertou o pesquisador.

 

As informações são do portal Viver Noronha

Foto: Léo Veras

Compartilhe:

Agenda

Próximos Eventos


@revistapescaesportiva

Twitter