Tucunaré-azul


Nome científico: Cichla piquiti

Família: Cichlidae

Outros nomes comuns: Tucunaré, azulão.

Onde vive: Nativo das bacias Tocantins/Araguaia, mas já é amplamente difundido no país.

Tamanho: Pode alcançar 80 cm e 6 kg. O recorde homologado pela IGFA é de 2,73 kg, capturado em Valparaíso, GO, em 1 999.

O que come: Peixes e insetos aquáticos.

Quando e onde pescar: Durante todo o ano, em toda a área de ocorrência, preferencialmente durante o período seco.

Status de conservação
Não ameaçado, mas com diminuição progressiva do tamanho dos peixes capturados, indicando início de sobrepesca.

 

fonte: Bíblia do pescador 2010

Dicas de Pesca

Nas represas, ilhas de pedra, prolongamentos de pontas de terra e enseadas rasas com estruturas são os locais mais promissores. A parceria entre os pescadores, com um deles usando isca de superfície (para “levantar” os peixes) e o outro usando isca de meia-água, aumenta a produtividade da pesca. Em locais mais fundos, jigs variados são boas opções.

Jum Tabata
05/01/2015
Compartilhe:

Agenda

Próximos Eventos


@revistapescaesportiva

Twitter

Assine a Revista Pesca Esportiva com 7% de desconto e frete grátis.