Parati


Nome científico: Mugil curema

Família: Mugilidae

Outros nomes comuns: Parati.

Onde vive: Ocorre no Pacífico Oriental e no Atlântico; no lado americano desde o Canadá à Argentina.

Tamanho: Atinge até 90 centímetros e pelo menos 8 quilos. O recorde mundial da IGFA é do Rio de Janeiro, de 2 001, com 0,68 kg.

O que come: Alimenta-se de algas, detritos orgânicos e mesmo invertebrados de fundo, como poliquetas.

Quando e onde pescar: Costeiras, vivem sobre fundos de areia, lodo e mesmo rochosos, da superfície a cerca de 30 metros de profundidade. São mais comuns no inverno.

Status de conservação
Não está ameaçada.

 

fonte: Bíblia do pescador 2010

Dicas de Pesca

Os paratis podem ser fisgadas com pedaços de fígado de galinha, pães, massas e até iscas artificiais de fly, geralmente em áreas de águas de águas mais paradas como baías e ressacas de manguezais. Em píeres e cais, é comum usar anzóis pretos sem isca, ou pequenos anzóis iscados com a parte preta dos mariscos que recobrem as pilastras. A captura pode acontecer tanto na superfície como em meia-água, com o auxílio de boias para sinalizar sua sutil “beliscada”. A briga, porém, é longa e com emocionantes corridas.

Jum Tabata
06/01/2015
Compartilhe:

Agenda

Próximos Eventos


@revistapescaesportiva

Twitter