Mandi-amarelo


Nome científico: Pimelodus maculatus

Família: Pimelodidae

Outros nomes comuns: Mandi, mandi-chorão, surubim-bagre.

Onde vive: Nativo das bacias do São Francisco e do Paraná.

Tamanho: Até 40 cm e 2 kg.

O que come: Onívoro com tendência à ictiofagia, consome peixes, frutos, folhas, sementes e invertebrados aquáticos.

Quando e onde pescar: Nos remansos dos rios, nas margens e em locais com areia e cascalho no fundo. Apesar de se alimentar a qualquer hora dia, é mais ativo durante a noite.

Status de conservação: Não ameaçado.

 

fonte: Bíblia do pescador 2010

Dicas de Pesca

A tradicional minhoca é escolha certeira para a pesca das diversas espécies de mandi. Experimente “cevar” o local escolhido simplesmente jogando terra na água. Quando muito ativo, ele também pode atacar iscas artificiais.

Jum Tabata
05/01/2015
Compartilhe:

Agenda

Próximos Eventos


@revistapescaesportiva

Twitter

Assine a Revista Pesca Esportiva com 7% de desconto e frete grátis.