Jaú


Nome científico: Zungaro zungaro, Zungaro jahu

Família: Pimelodidae

Outros nomes comuns: Pacamão, jundiá, bagre.

Onde vive: Bacias amazônica e dos rios Tocantins-Araguaia, Paraguai, Paraná e Uruguai.

Tamanho: Mais de 1,5 m e 100 kg. O recorde homologado pela IGFA é de um peixe de 49,44 kg, capturado no rio Urariquera, RR, em 2 004.

O que come: Principalmente peixes.

Quando e onde pescar: O ano todo, durante o dia e a noite. Prefere poços profundos, pedrais e pés de cachoeiras.

Status de conservação
Algumas populações diminuíram drasticamente em rios com barragens hidrelétricas, principalmente na bacia do rio Paraná. Na região Norte, ainda não está ameaçado.

 

fonte: Bíblia do pescador 2010

Dicas de Pesca

O jaú é lutador da categoria “peso-pesado”. Quando está nos poços calmos e mais fundos do rio, a tática é paciência na batalha. Porém quando está em meio às corredeiras e pedrais, a palavra de ordem é cabo-de-guerra, qualquer metro de linha cedido pode significar sua entrada numa loca de pedra, de onde dificilmente sairá. Peixes inteiros ou em pedaços e o minhocoçu estão entre as iscas mais indicadas.

Jum Tabata
05/01/2015
Compartilhe:

Agenda

Próximos Eventos


@revistapescaesportiva

Twitter

Assine a Revista Pesca Esportiva com 7% de desconto e frete grátis.