Caranha


Nome científico: Lutjanus cyanopterus

Família: Lutjanidae

Outros nomes comuns: Caraúna, vermelho-caranha.

Onde vive: Atlântico Ocidental, da Nova Escócia (Canadá) a São Paulo, pelo menos.

Tamanho: Até 1,6 m e 60 kg. O recorde mundial da IGFA é do Louisianna (EUA), com 56,58 kg, de 2 007.

O que come: Peixes, crustáceos, moluscos e outros invertebrados de fundo.

Quando e onde pescar: Durante todo o ano, em toda a área de ocorrência.

Status de conservação: Espécie ameaçada, suas populações sobreexplotadas pela pesca comercial.

 

fonte: Bíblia do pescador 2010

Dicas de Pesca

As caranhas estão os pesos-pesados vermelhos que temos em nosso litoral. Entre as iscas artificiais mais utilizadas para elas estão os metal jigs em pontos de parcéis e lajes. Use linha de multifilamento (de 50 a 80 lb) e líder forte de fluorcarbono (0,60 a 0,90 mm). Um reforço de aço é importante. Segurar este peixe é um capítulo a parte. Em geral, quando fisgado muito próximo do fundo, a perda é inevitável, sobretudo com grandes exemplares. Com iscas naturais, não despreze sardinhas vivas e grandes exemplares de camarão vivo.

Jum Tabata
05/01/2015
Compartilhe:

Agenda

Próximos Eventos


@revistapescaesportiva

Twitter