Cachara


Nome científico: Pseudoplatystoma fasciatum

Família: Pimelodidade

Outros nomes comuns: Surubim, sorubim, pintado, bagre.

Onde vive: Bacias amazônica, do Paraná, do Paraguai, do Uruguai e do Tocantins-Araguaia.

Tamanho: Até 1 m e 17 kg. O recorde homologado na IGFA é de um peixe capturado no rio Amazonas em 2 008, com 16,17 kg.

O que come: Peixes de espécies variadas.

Quando e onde pescar: Melhor pescado na época da vazante, durante o dia ou à noite, nos remansos de praias e canais com fundo de pedras ou cascalho.

Status de conservação: Não ameaçado.

 

fonte: Bíblia do pescador 2010

Dicas de Pesca

Como a maioria dos peixes lisos, o cachara ataca iscas naturais lançadas em poços mais fundos. Para uma fisgada eficiente, não fisgue até que o peixe corra tensionando a linha. Na pesca noturna, a produtividade é maior em noites escuras de lua nova. Também pode ser capturado no corrico, com iscas de barbela longa que literalmente raspem o fundo do rio.

Jum Tabata
22/12/2014
Compartilhe:

Agenda

Próximos Eventos


@revistapescaesportiva

Twitter

Assine a Revista Pesca Esportiva com 7% de desconto e frete grátis.