Atum-amarelo


Nome científico: Thunnus albacares

Família: Scombridae

Outros nomes comuns: Albacora-de-laje, atum-de-galha, albacora-de-galha e lajeira.

Onde vive: Ocorre em todos os mares quentes (exceto no Mediterrâneo) e no Atlântico Ocidental, de Massachusetts (EUA) a pelo menos Santa Catarina.

Tamanho: Chega a 240 centímetros e mais de 200 quilos. O recorde mundial da IGFA é de 176,35 kg, de 1 977, do Pacífico mexicano.

O que come: Alimenta-se de peixes, lulas, crustáceos pelágicos e zooplâncton. A espécie é conhecida por caçar cardumes de pequenos peixes em cooperação com golfinhos.

Quando e onde pescar: Ocorrem em águas oceânicas, entre a superfície e os 100 metros de profundidade, eventualmente chegando aos 900 metros.

Status de conservação
Não ameaçado.

 

fonte: Bíblia do pescador 2010

Dicas de Pesca

Qualquer que seja a espécie de atum, trata-se de um verdadeiro titã na ponta da linha. Talvez, peso por peso, eles sejam os mais fortes e resistentes peixes esportivos do mar – mesmo os pequenos dão o maior trabalho. Iscas de corrico à meia-água são quase sempre infalíveis, embora também aconteçam ataques cinematográficos em iscas de superfície.

Jum Tabata
05/01/2015
Compartilhe:

Agenda

Próximos Eventos


@revistapescaesportiva

Twitter

Assine a Revista Pesca Esportiva com 7% de desconto e frete grátis.