Apapá-amarelo


Nome científico: Pellona castelnaeana

Família: Pristigasteridae

Outros nomes comuns: Sardinhão, dourada, amarela, sardinhão-amarelo, peixe-novo e tubarana.

Onde vive: bacias amazônica e do Tocantins-Araguaia.

Tamanho: Até 70 cm de comprimento total e 7,5 kg. O recorde na IGFA é de do rio Caura, na Venezuela, com 7,1 kg.

O que come: Insetos e peixes pequenos.

Quando e onde pescar: O ano todo, em locais com corredeiras, nas desembocaduras de igarapés, entradas de baías e confluências de pequenos rios.

Status de conservação: Não ameaçado.

 

fonte: Bíblia do pescador 2010

Dicas de Pesca

Apesar de atacar muito bem iscas artificiais de superfície e sub-superfície, o apapá pode “fajutar” e parar de atacá-las. Se isso acontecer, faça um intervalo de alguns minutos para “descansar” o local. Para aumentar a eficácia das fisgadas, use sempre linha de multifilamento e anzóis tão finos e afiados quanto possíveis. Frágil fora da água, o apapá deve ser devolvido rapidamente ao rio.

Jum Tabata
22/12/2014
Compartilhe:

Agenda

Próximos Eventos


@revistapescaesportiva

Twitter

Assine a Revista Pesca Esportiva com 7% de desconto e frete grátis.