Com fim do período do defeso, pesca é liberada nos rios da bacia Amazônica | Revista Pesca Esportiva

Com fim do período do defeso, pesca é liberada nos rios da bacia Amazônica


Da Redação PESCA ESPORTIVA
16/03/2017

Terminou ontem quarta-feira (15), o período do defeso (piracema) de oito espécies de peixes nos rios da bacia Amazônica. Em Santarém, no oeste do Pará o defeso teve início no dia 15 de novembro de 2016 e proibiu a pesca dos seguintes peixes: pacu, jatuarana, pirapitinga, aracu, fura calça, mapará, curimatá e branquinha.

Devido à redução na oferta de espécies nas feiras do município, houve uma alta dos preços dos pescados e de acordo com um levantamento feito pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese-PA), o preço de algumas espécies de peixe, disparou no mês de janeiro em todo o estado. O tucunaré por exemplo, teve alta de 20,08%.

Outras espécies
É proibido, além da pesca, a comercialização, transporte e beneficiamento. O acari e o pirarucu entraram no defeso no dia 1º de dezembro de 2016. A proibição da pesca do acari vai até 31 de maio e a do pirarucu até o dia 30 março. Todas as definições levam em consideração a Instrução Normativa do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), nº 201, de 22 de outubro de 2008 e a Portaria, também do Ibama, nº 48, de 25 de setembro de 2007.

 

 

Foto: Arquivo/Bíblia do Pescador

Compartilhe:

Agenda

Próximos Eventos


@revistapescaesportiva

Twitter


Assine a Revista Pesca Esportiva com 7% de desconto e frete grátis.