Amazônia – Rio São Benedito


Alec Krüse Zeinad
21/01/2015

Sobre o destino

Afluente do Teles Pires, o rio batizado com nome de santo faz parte da primeira área de reserva para prática de pesca esportiva do país, criada em 2 001. A iniciativa se deve ao esforço da pousada Salto Thaimaçu junto ao governo do Pará. Existe um grande comprometimento dos donos e funcionários do estabelecimento, que realmente abraçaram a pesca esportiva e a prática do pesque-e-solte como bandeira há 13 anos.

A diversidade de espécies na região impressiona, é possível capturar trairões, cachorras, bicudas, cacharas, jundiás, jaús e o impressionante pacu-borracha. Sem falar de pequenos e importantes atores coadjuvantes, como traíras, jacundás e piranhas.

Os tucunarés-fogo são um capítulo à parte, encantam por sua beleza e pelos ataques furiosos na entrada e no interior das lagoas. Mesmo sendo menor que “primos maiores”, como o açú, ele é capaz de abrir garateias de iscas com sua potente arrancada.

Para aqueles que gostam de brigar com os grandes peixes de couro, a área das Sete Quedas, no rio Teles Pires, é a mais indicada. Porém, vale lembrar que o melhor período é no começo da estação seca, durante os meses de março, abril e maio, quando as águas começam a baixar.

Devido à grande e variada quantidade de ecossistemas e tipos vegetais, a diversidade de pássaros é surpreendente e abundante. Pescar tendo como trilha sonora o canto simultâneo de dezenas deles é muito agradável e enche a alma de alegria e paz. Não é à toa que o rio leva nome de santo: São Benedito!

Para peixes de couro
Varas de 6 a 7 pés, classe 60 ou 80 libras; linhas de monofilamento 0,70 a 1 mm, ou multifilamento 80 a 100 libras, com empate de aço de pelo menos 80 libras; carretilhas de perfil redondo, com capacidade para pelo menos 100 metros de linha; chumbadas de 100 a 200 gramas; anzóis: 7/0 a 10/0, circulares ou em formato de “J” (J-hooks); e peixes inteiros ou pedaços, como iscas.

Para iscas artificiais
Varas de 5’6” a 6 pés, classe 17, 20 ou 25 libras; linhas de multifilamento 20 ou 30 libras, com líder de fluorcarbono 0,45 a 0,55 mm; carretilhas de perfil baixo ou molinetes, com capacidade para pelo menos 100 metros de linha; plugs de superfície e meia-água entre 7 e 15 cm, jigs de penacho, jumping jigs com 20 a 40 gramas e colheres.

Dicas: O pacu-borracha é fisgado com uma espécie de alga que fica presa às pedras nos locais encachoeirados. Ela é iscada em chumaços a pequenos anzóis “empatados”, normalmente com auxílio de fio elástico para não escaparem facilmente.
Se você também é amante da pesca com mosca, leve pelo menos um equipamento classe 8, com linha flutuante. Um líder simples, de linha 0,50 mm, ou com apenas duas seções (0,50 e 0,40 mm), é suficiente, com comprimento próximo ao da vara. As iscas mais polivalentes para fisgar as espécies predadoras são, sem dúvida, os streamers.

 

Dicas de viagem

Como chegar: as rotas de praticamente todos os destinos de pesca na bacia do Teles Pires passam pela cidade de Alta Floresta, no norte do Mato Grosso. A partir dali, as pousadas costumam buscar o cliente no aeroporto da cidade para percorrer os quilômetros finais até a beira do rio de carro. Algumas delas, como a pousada Thaimaçu, têm pista de pouso própria para pequenas aeronaves.

Não se esqueça: de bloqueadores solares, bonés ou chapéus, óculos polarizados e roupas leves.

 

Serviço

Pousada Thaimaçu
Acomodações: 4 chalés de alvenaria (com dois apartamentos duplos cada) com cama de casal/solteiro, banheiro com chuveiro quente, ar-condicionado e frigobar. Há também 8 apartamentos de madeira com cama de casal/solteiro, banheiro com chuveiro quente e ar-condicionado
O que oferece: sala de TV, refeições e estar, internet e telefone via rádio
Para pescar: barcos motorizados, combustível, iscas e guias de pesca
Preços: pacotes com diárias de R$ 520 a R$ 730 por pessoa, com todas as refeições (inclui a pescaria)
Contato: (66) 3563-2055
www.thaimacu.com.br

Compartilhe:

Agenda

Próximos Eventos


@revistapescaesportiva

Twitter